Photo by Austin Distel on Unsplash

6 insights sobre marketing digital na pandemia

Caminhando para o quinto mês da pandemia do novo coronavírus no Brasil, pudemos observar uma série de movimentos no mercado digital. A paralisação pela incerteza no início da quarentena deu lugar ao aquecimento das compras online em praticamente todos as verticais, colocando empresas que já trabalhavam com internet em posição privilegiada.

Antes, tudo ia bem. Não?

Apesar de o termo “transformação digital” estar hypado há algum tempo entre os gestores de pequenas, médias e grandes empresas, quem trabalha com projetos digitais sabe que boa parte do trabalho é um esforço didático sobre a importância e o potencial da internet.

Nos anos 2000, um dos argumentos para vender sites era o de que as pessoas não usariam mais listas telefônicas para encontrar soluções. Pode parecer óbvio, mas para muitos não era. De lá pra cá a web se desenvolveu e se popularizou, fazendo a quantidade de empresas com presença online explodir. Mais que isso, elas começam a usar ferramentas digitais para todo tipo de processo: armazenamento de dados, comunicação, fluxos administrativos, gestão de recursos, análise de dados e por aí vai.

Hoje o esforço não está em convencer sobre a necessidade de estar na internet, mas a importância de atuar corretamente nela. Mesmo assim, não é difícil encontrar empresas que tocam suas frentes digitais com uma boa dose de negligência. Agora, parece que isso vai mudar.

Prazer, coronavírus.

Eis que a pandemia da Covid-19 pega o mundo de surpresa e obriga a prática do isolamento social. Uma alteração violenta nas rotinas de pessoas e empresas, que fez a humanidade rever hábitos, repensar conceitos e desenvolver soluções para as novas necessidades.

Dentro do tsunami de mudanças e incertezas pelas quais estamos passando, o fechamento do comércio físico faz emergir a questão da transformação digital como um bote salva vidas que pode atravessar essa onda. O coronavírus também obrigou a maior parte das empresas a revisarem suas estratégias e táticas de marketing digital.

“Transformação digital está a anos de distância. Não vejo nossa empresa precisando mudar no curto prazo”.

Mais que uma vontade, vender online passou a ser uma necessidade. Não só vender, mas encontrar formas de realizar todo tipo de atividade: serviços, estudos, trabalho, esportes, lazer, cultura, entretenimento. Dentro de casa, mais pessoas começaram a passar mais tempo conectadas e o impacto nos números está sendo enorme.

Consequentemente, houve também um aumento na concorrência entre anunciantes na busca de conquistar a nova audiência que passou a comprar na internet. Um artigo do “Think With Google” diz que o processo de digitalização evoluiu 10 anos no intervalo de semanas e que 32% das pessoas que fizeram compras online nos primeiro 15 dias da quarentena estavam fazendo isso pela primeira vez.

Marcas que historicamente apostam no marketing digital, não só anunciando, mas produzindo conteúdos relevantes para o público, cuidando dos perfis sociais para gerar interação e engajamento, investindo em infraestrutura e tecnologia para proporcionar boas experiências de navegação, assim como em UX e UI, comprovam mais do que nunca o valor que há nesse trabalho.

Crescendo na crise

Para efeito de comparação, os 2 primeiros meses da pandemia foram equivalentes aos 10 anos anteriores em números de penetração do comércio eletrônico no varejo. Ou seja, levou cerca de 10 anos para o percentual do uso de e-commerce sair de 6% para 16%, mas apenas 2 meses para ir de 16% a 25% na pandemia, e ainda crescendo.

Dados da Compre&Confie apontam para um aumento de 82,1% entre 24 de fevereiro e 24 de maio de 2020 em relação ao mesmo período de 2019. Bom para os pequenos varejistas online, melhor ainda para os grandes. A Amazon, por exemplo, tem batidos recordes de faturamento e já chegou a registrar 50% de aumento no número de pedidos.

Enquanto a bolsa brasileira teve uma queda geral de quase 10% durante a pandemia, empresas do varejo online viram suas ações dispararem.

Alguns indicadores até 21/07/20:

  • B2W: alta de 89%
  • Via Varejo: alta de 84%
  • Magazine Luiza: alta de 77%
  • Lojas Americanas: alta de 37%

A próxima da lista em breve pode ser as Lojas Pernambucanas que, de olho nesses resultados, decidiu fazer IPO e está em contato com bancos, conforme aponta a imprensa especializada. Exemplos rápido que mostram o tamanho do impacto da crise até aqui e nos ajudam a entender o rumo dos investimentos. Muita gente está se movimentando.

O mercado do marketing digital pode estar vivendo um de seus momentos mais aquecidos desde seu início e a tendência é que novos patamares sejam atingidos e mantidos no pós-pandemia.

6 insights rápidos

  1. No geral, quem fazia um trabalho de marketing consistente na internet antes da pandemia está conseguindo melhores resultados agora.
  2. O aumento da demanda online evidenciou para muitos gestores a importância do marketing digital bem feito e o perigo de não atuar na internet.
  3. O desespero e o senso de oportunismo está fazendo muitos se aventurarem em negócios digitais sem experiência ou o preparo necessário. Cuidado com os investimentos.
  4. Boa parte das mudanças no comportamento devem permanecer após a após a pandemia. É uma ótima hora para começar a trabalhar corretamente no ambiente digital.
  5. Se você já possui um negócio e quer digitalizá-lo, invista em um time especializado e com experiência nesse tipo de projeto, seja interno ou terceirizado. Não é aí que você deve economizar.
  6. Nunca é tarde para começar. Se pensa em iniciar um negócio do zero para aproveitar o momento, vá em frente, mas seja estratégico. Estude bem os novos hábitos de consumo e as tendências para a retomada. Já há diversos indicadores a respeito.

Você ou sua empresa estão enfrentando dificuldades para atuar na internet durante a pandemia? Siga nosso perfil e assine nossa newsletter em https://tagon8.com/ para receber mais conteúdos como esse.

--

--

Engage With Brandformance. Criamos campanhas de marketing digital que entregam performance e constroem marcas.

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Tagon 8 Inc.

Tagon 8 Inc.

7 Followers

Engage With Brandformance. Criamos campanhas de marketing digital que entregam performance e constroem marcas.